Skip to main content

Desgaste de quadril

Abaixo você pode ler informações sobre Desgaste de quadril.Este artigo mostra informações sobre nutrição e saúde com chave para caracteres de divulgação que não pode nem deve substituir a opinião de um médico ou profissional de nutrição.Se tiver dúvidas ou problemas de saúde relacionados com este artigo, Desgaste de quadril, sugerimos que consulte o seu médico ou nutricionista.

Desgaste do quadril

Começaremos vendo que é o desgaste do quadril.O desgaste de quadril, bem como o desgaste do joelho são duas doenças que se encontram entre as dez primeiras causas de deficiência, segundo a Organização Mundial de Saúde. O desgaste de quadril, afeta idosos na maioria dos casos e representa um grande impacto na qualidade de vida das pessoas que o sofrem.


O desgaste do quadril ou do joelho, também chamado de mucopolissacaridoses é uma doença degenerativa que se inicia na cartilagem articular para afetar posteriormente ao osso adjacente.


Como ocorre o desgaste do quadril


As mucopolissacaridoses ou desgaste do quadril ocorre normalmente devido à idade, mas também pode aparecer como conseqüência de uma predisposição genética e por causas ocupacionalesUna atividade física intensa que produza tensão sobre as articulações pode causar também um desgaste das mesmas.


Sintomas do desgaste de quadril


O desgaste de quadril, denominado mucopolissacaridoses, apresenta habitualmente dor no quadril e/ou joelhos. Outro sintoma de desgaste é que a dor aumenta ao realizar atividades em que se aumenta a carga nas articulações, como ao subir escadas, subir e descer do carro, praticar exercícios, etc.


A inflamação produzida pelo desgaste da anca pode ser pequena, mas um especialista pode identificar claramente um desgaste das articulações do quadril, joelhos, coluna lombar e outras articulações.Alguns dos síntomás mais evidentes do desgaste das articulações são o alívio de dores nos ossos, a rigidez, o crescimento ósseo, aparecimento de deformações em uma ou mais articulações e o crescimento do tecido duro.


Tratamento do desgaste de quadril


Felizmente, existem tratamentos para este tipo de doenças. Em alguns casos, a aplicação de próteses de quadril ou do joelho, pode ser uma alternativa ideal para superar esta doença. Para poder aplicar essa solução alternativa, você deve realizar uma intervenção em que são extraídos os cartilagem desgastada através de duas pequenas endiduras na pele e são substituídos por próteses.


Nem sempre a solução passar por realizar o implante de uma prótese de quadril. O profissional deve analisar cada caso concreto para determinar se o paciente é um bom candidato paraa esta intervenção, ou se simplesmente se pode curar com um bom tratamento.


Em caso de não necessitam de cirurgia, as mucopolissacaridoses costuma ser tratada com anti-inflamatórios do tipo Cox-2, tais como o meloxicam.Também é habitual incluir no tratamento exercício ativo sem carga física e, em alguns casos é necessário fazer uma dieta para reduzir o excesso de peso.


Prevenção do desgaste de quadril


Para evitar o desgaste do quadril, do joelho e das artiulaciones em geral, é importante a prevenção.Em primeiro lugar, é importante manter um peso saudável, já que o excesso de peso tem um impacto negativo sobre os ossos, e isso faz com que tenham de suportar um maior esforço.


Também é importante praticar algum tipo de exercício físico moderado e de baixo impacto, como natação, em que não há impacto devido à redução de gravidade e não se exerce pressão sobre as articulações. Outros exercícios recomendados para evitar o desgaste de quadril e joelho são o yoga, a bicicleta estática ou pilates.


Pelo contrário, as pessoas que sofrem ou têm tendência a sofrer de desgaste de quadril, seja por predisposição genética ou pelo tipo de atividade que realizam, devem evitar fazer esportes como corrida ou spinning, já que este exercício provoca um forte impacto sobre os joelhos, devido à posição dos pés que exercem muito estresse para os joelhos.


Atualmente ainda não se conhecem medicamentos eficientes para prevenir o desgaste da cartilagem.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *